NOTÍCIAS

Franca vira “selva” em meio aos descasos da Prefeitura – Hertz Noticias

Compartilhar:

Nas últimas semanas, o jornalismo Hertz Notícias recebeu inúmeras reclamações de moradores de várias regiões de Franca. De ‘lixão’, mato alto, animais em ruas e avenidas, tem de tudo!

Por isso, reunimos algumas delas para mostrar a “selva’ que se transformou a cidade por conta do descaso da Prefeitura e também da população que insiste em transformar terrenos em verdadeiros depósitos para todo tipo de entulho.

Exemplo disso, pode ser visto na avenida Higino Alves Taveira, residencial Ana Doroteia. O local que tem um longo calçamento e poderia servir para caminhadas, está tomado por muita sujeita e segundo uma moradora, que prefere não se identificar, até animais mortos são jogados no local.

Nas imagens é possível ver a quantidade de urubus que ficam ao redor do lixo e restos de alimentos. Os vizinhos já reclamaram para a Vigilância Sanitária, mas não tiveram respostas.

Abandono

Outra situação relatada por ouvintes na programação da Hertz Serviço envolve total abandono em uma quadra no final da avenida Presidente Vargas, próxima ao espaço Cedro, no Jardim do Éden.

Na fotos enviadas ao WhatsApp Hertz Notícias é possível perceber que o local vem dia após dia, acumulando sujeira, objetos descartáveis e está tomado pelo mato alto. O espaço que deveria ser melhor aproveitado, virou potencial ambiente para o mosquito Aedes Aegypti, causador de doenças como dengue, zika e chikungunya, isso tudo, em um momento em que a cidade vive um surto de dengue, com mais de 1 mil casos registrados somente, neste ano, conforme dados da própria Vigilância Epidemiológica da Prefeitura.

 

Caminhando um pouco mais, os moradores filmaram que ainda nas proximidades da quadra, muito lixo e até um varal improvisado foi feito por moradores de rua. Várias peças de roupas e até lingeries foram penduradas em uma cerca.

Em todos os casos citados acima, a reportagem procurou a assessoria de comunicação da Prefeitura, mas não obteve respostas dos responsáveis pelos setores da Vigilância Sanitária e Secretaria de Meio Ambiente.

Antigo problema

Por fim, um morador na região dos bairros Portinari e Jardim Dermínio, pelo menos 10 equinos foram vistos se alimentando de restos e tranquilamente no meio de ruas. Além do risco de provocar acidentes, alguns animais estavam bastante desnutridos e com sinais de maus tratos.

O Canil Municipal tem feito vários leilões de equinos e muares que são recolhidos das ruas, avenidas e rodovias na cidade, quando não são encontrados os donos. Mas a quantidade desses animais soltos nas vias ainda continua grande no município.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *